Encanamento

Era uma vez um encanamento. Um encanamento tão bem feito que chamava atenção. Sim, porque não passava ninguém sem o observar, afinal ele SOBRESSAÍA. Claro que o mérito não era dele e sim do encanador que cuidadosamente o construiu e instalou.

Veja bem, o propósito era o de deixar que a água fluísse através dele até um local onde as pessoas pudessem matar sua sede! Na verdade ele não fabrica a água, pois como qualquer encanamento, é apenas um canal, um caminho.

Ahhh, mas o dia chegou em que de tantos elogios ouvidos este encanamento começou achar que era o melhor! Pobre coitado! As pessoas quando o elogiavam, na verdade pensavam no trabalho árduo que o encanador havia investido. Até mesmo porque o encanamento não se “auto criou”, nem apareceu “do nada”. Alguém elaborou e desenhou sua existência e funcionalidade (ou seu dom, como comumente dizemos). Quão óbvio!

Óbvio para todos – exceto para ele!

Ele deixou de olhar para sua condição de encanamento e de tanto se exaltar não percebeu que a ALTIVEZ em forma de FERRUGEM já havia entrado dentro de si.

E o pior é que isso não apenas o prejudicava! Mal sabia ele que todos sentiam o gosto da ferrugem! Ele simplesmente não fazia a menor idéia disso! O comentário era geral: “a água em si é boa, mas o gosto de ferrugem tá forte demais!”

E então o tempo vai passando. Pessoas vão escolher beber da mesma água porém através de encanamentos não tão bonitos, reluzentes e famosos. São encanamentos bem simples mesmo, porém a água que sai deles vem bem límpida! Apenas com as qualidades de água!

Pode ser que um dia o lindo encanamento caia na real e permita uma limpeza em seu interior. Pode ser também que ele nunca entenda isso, mesmo porque a ferrugem corrói, corrói, corrói… até chegar num ponto onde o preço de se voltar atrás é alto demais!

Mal sabe o encanamento que este é o início de sua ruína  queda!

OBS: Base bíblica:
“A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda.” – Pv. 16.18
“Porque, quem te faz diferente? E que tens tu que não tenhas recebido? E, se o recebeste, por que te glorias, como se não o houveras recebido?” – I Co 4.7

Anúncios

3 responses

  1. Nayara Ferreira

    Este texto além de me edificar, me fez lembrar da passagem de Provérbios 27:21 que diz: “O crisol é para a prata e o forno é para o ouro,mas o que prova o homem são os elogios que recebe.

    Outubro 28, 2009 às 17:14

  2. Celi de Assis

    O elogio nos ajuda a perceber que estamos no caminho certo a que nos propomos.
    Se agradou as pessoas, então alcançamos o alvo com nosso trabalho.
    Mais temos que ter o cuidado de saber que só conseguimos fazer tal coisa.
    Porque Deus nos deu capacidade.

    Outubro 29, 2009 às 14:35

  3. Amém amadas…. é verdade… e esse versículo é mt forte.. minha tradução diz: “o homem é provado pelos louvores que recebe!!!” Fortíssimo! E traduzem a mais pura verdade!!!!
    Bj prá vcs! Paz!

    Novembro 3, 2009 às 9:00

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s