estreita e apertado

Estreita (porta).

Apertado (caminho).

Fiquei pensando uma coisa esses dias atrás. Já conheci pessoas que numa foto ou vídeo pareciam ter uma certa estatura. Aí você conhece pessoalmente e pensa (só consigo mesmo): puxa, achei que essa pessoa era mais alta (ou mais baixa).

Ou então você precisa passar um móvel por uma porta. Aí você olha pro móvel. Em seguida olha prá porta. Seus olhos calculam – ahhh, dá sim!

Aí depois de carregar o todo o peso, descobre o que não queria acreditar ser verdade – a porta é mais estreita do que imaginou.

Mas porque tem certas coisas que a gente precisa “chegar perto prá perceber?”

Acho que tem muita gente na igreja sabendo e lembrando do que o pastor fala e lê: “A porta é estreita e o caminho é apertado”. Mas continua com a vida bem mais ou menos… e um dia a ficha vai cair:

“Mas eu não vou poder entrar por causa disso? Mas eu fiz tanta coisa no Teu nome, Senhor! Eu sabia que a porta era apertada e o caminho era estreito, mas não sabia que era TANTO assim!”

Tarde demais quando isso acontecer. É cedo ainda enquanto você está aqui na internet, lendo isso. Ainda é cedo. Mas o tarde vai chegar rápido!

Jesus não vai medir sua fama. Jesus não vai querer saber quantas pessoas falaram que você é ungido. Se você realmente quer saber o que Jesus vai medir dentro de você é o quanto você viveu a vida num estilo do Sermão da Montanha – oração em secreto, jejum em secreto, atos de justiça em secreto, ajudar ao pobre e necessitado em secreto, ser a luz do mundo e sal da terra, não julgar os outros, andar duas milhas com quem te obrigada a andar uma, dar o outro lado da face prá quem te fere, não ajuntar tesouros na terra, construir a casa na rocha ao praticar tudo o que ouve – dentre outros tópicos.

Se quiser REALMENTE saber como Jesus vai medir sua vida (e não seu ministério) leia lá: Mateus 5, 6 e 7. E ao final do Sermão (capítulo 7) é onde Jesus fala sobre o último dia, o dia de VER DE PERTO como a porta é APERTADA e o caminho ESTREITO!!!

Deus abençoe vocês!

Anúncios

7 responses

  1. Amiga linda,

    Bem verdadeiro seu texto. Sempre penso que nessa porta estreita e nesse caminho apertado só passamos nós e mais nada. Ficam para trás toda bagagem de estudo, de material, de conquistas, de relacionamentos e apenas nós passamos, com as marcas que tudo isso nos trouxe, algumas boas, outras não tão boas. Acredito que quando nos perdemos no que temos acabamos nos “engordando”, de uma gordura que na verdade não faz parte de nós, mas está em nós e por isso podemos não passar pela porta e mal caber no caminho. Somos o que nossa história, nossas decisões, fizeram de nós, mas não precisamos viver como caramujos carregando nossa história nas costas e tudo mais que conseguirmos suportar sobre nossos ombros, achando estar juntando riquezas. Riqueza é poder chegar de mãos vazias diante de Deus e perceber que nós somos o tesouro, a herança conquistada que Ele quer receber.

    Não a conheço, mas me identifico muito com vc…

    NO Amor do Amado

    Carol Carolo

    Setembro 22, 2010 às 13:01

  2. mauro

    Muito tocante!

    Setembro 22, 2010 às 13:05

  3. Adoro seus artigos e mensagens pq vc é direta! Não enrola nem aliza! Deus a abençõe Raquel…

    Setembro 23, 2010 às 23:18

  4. Jane :)

    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *
    Adorei o post de hoje Raquel..
    adoro ler seu blog, leio ele no meu trabalho durante o intervalo, se serve de incentivo, confesso que quase todos os dias visito pra ver se você postou algo novo. Ahh!! e claro!! sempre supera minhas expectativas.. é muito linda a forma que Deus.

    Que você continue fazendo a diferença na terra!!!
    * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *

    Setembro 24, 2010 às 13:18

  5. Cíntia Amorim

    Uma vez, eu orei pedindo a Deus que eu não queria ser usada, eu queria ser aprovada. Pra quê…
    Foi uma época tão conflituante na minha vida (30 anos, aimeodeos), parecia que eu realmente estava andando num caminho estreito, rochoso, quase sufocante…
    Mas ao mesmo tempo, eu estava estabelecendo limites pra minha vida. Decidi andar, viver e pensar sempre dentro do centro da vontade de Deus. É muito duro… e poucas pessoas te compreendem, ou te aceitam.
    Uma amiga leu uma oração minha, tenho o costume de escrevê-las. Pra mim é mais fácil que falá-las… e viu meu pedido. Ela disse: Nós oramos e não sabemos a profundidade do que pedimos a Deus. Não temos a dimensão real das coisas… e é verdade…
    Eu quero caber no caminho estreito. Pra isso tenho que estar sempre me esvaziando.
    Bj, bj, bj!!!!!
    Ps:> Só vi sua resposta do post de Judas hj!!!! *o*

    Setembro 29, 2010 às 10:57

  6. Celi de Assis

    Sou suspeita pra falar, desde que fui sua aluna tenho aprendido muito com você.
    Leio sempre seus texto, mais hoje não pode deixar de comentar. Este texto em especial falou muito comigo e algo que estou vivendo, buscando. Algo novo em Deus não um cargo uma posição, mais uma intimidade so minha e Dele, coisa nossa. Somos unicos por isso creio que posso ter um relacionamento unico com o Pai, e este texto so veio me fortalecer a buscar mais, a chegar mais perto e vê melhor o que precisa ser aparado para que eu possa passar pela porta e caminhar pelo caminho estreito.
    Deus te abenções sempre.

    Setembro 29, 2010 às 13:57

  7. Angela Costa

    Parabéns pelos lindos textos que escreves, realmente inspirados pelo mestre! Que Deus te abençoe mais e mais!

    Outubro 24, 2012 às 15:16

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s