Posts tagged “adoração

A Importância De Qualidade Musical Na Igreja

E no Tabernáculo de Davi? Havia qualidade musical? Havia divisão de vozes? Como eram os instrumentos?

Quero levá-lo a ver algumas verdades sobre a necessidade de usar a música com qualidade para a glória de Deus! Se você ler cuidadosamente os livros das Crônicas, você conseguirá observar estes detalhes preciosos. Quero aqui neste breve artigo ressaltar duas partes deste livro que me chamam mais a atenção.

No capítulo 15 do primeiro livro, lemos, a partir do verso dezesseis:
“E disse Davi aos chefes dos levitas que constituíssem, de seus irmãos, cantores, para que com instrumentos musicais, com alaúdes, jarpas e címbalos, se fizessem ouvir, levantando a voz com alegria. Designaram, pois os levitas a Henâ (…) Asafae (..) Etã (…)” “E os cantores, Hemã, Asafe e Etã, se faziam ouvir com címbalos de metal; E Zacarias, Aziel, Semiramote, Jeiel, Uni, Eliabe, Maaséias, e Benaia, com alaúdes, sobre Alamote. E E Matitias, Elifeleu, Micnéias, Obede-Edom, Jeiel, e Azazias, com harpas, sobre Seminite, para sobressaírem. E Quenanias, chefe dos levitas, tinha o encargo de dirigir o canto; ensinava-os a entoá-lo, porque era entendido” (v. 19-22)

Talvez sua Bíblia já tenha traduzidos os termos Alamote e Seminite, por exemplo. (várias Bíblias hoje já são assim). Se a sua for uma delas, você vai poder confirmar o que vou dizer. O termo Alamote, do orginial significa SOPRANO, e Seminite, significa TOM DE OITAVA. Algumas Bíblias até tem a tradução de Alamote como com alaúdes, em voz de soprano, e de Seminite como em voz de baixo, para conduzir o canto.

A Bíblia amplificada chega a comentar sobre Alamote: “Provavelmente as vozes agudas, da Clave de Sol” E de Seminite: “Provavelmente as vozes graves, da Clave de Fá”. O versículo 22 diz que Quenanias era entendido, em outra versão, era ‘perito’ no canto. Outra ainda diz que ele era o ‘regente do coral, pois era um músico habilidoso’.

Temos algumas interpretações diferentes para nós hoje, devido ao fator tempo, instrumentos musicais, termos não definidos, etc. Mas mesmo assim, uma coisa podemos afirmar sem medo de errar: Havia qualidade, havia postos designados, ensaiados, diversidade de instrumentos, de vozes e arranjos dos mesmos. Por que hoje há tanto problema com relação a pessoas que não querem estudar música, que são contra ensaios e não querem aprimorar o dom que o Senhor lhes deu? Estes dons serão cobrados um dia, e deverão ser multiplicados (ver Mt. 25:14-29 ).

A outra passagem de I Crônicas é do capítulo 25, versos 6 e 7: “Todos estes estavam sob a direção de seu pai, para a música da casa do Senhor, com saltérios, címbalos e harpas, para o ministério da casa de Deus; e Asafe, Jedutum, e Hemã, estavam sob as ordens do rei. E era o número deles, juntamente com seus irmãos instruídos no canto ao Senhor, todos eles mestres, duzentos e oitenta e oito”. Neste tempo havia um coral de 288 vozes! E não somente vozes não trabalhadas, mas MESTRES, peritos no canto!!!

Além destes 288 cantores haviam 4 mil instrumentistas (com instrumentos que o próprio Davi tinha feito para eles) na ordem  do Tabernáculo, que de hora em hora trocavam de turno conforme a escala que Davi fez 0 ou seja, se você não gosta de escala, já era algo normal nos tempos bíblicos 🙂 Continue desenvolvendo seu dom no Senhor! Esse é nosso chamado como ministros ao Senhor com a música. O que possui um dom deve se esmerar no que faz. Aquele que ensina, deve estudar, aprimorar-se, etc. O que prega, deve buscar a cada dia mais. E o que usa a música como ferramenta de adoração, também de estudar e sempre melhorar no que faz, sabendo que um dia lhe será cobrado, e ciente também, de que se veio do Senhor, para Ele, e a Ele somente é devida toda a glória.

Se você quiser ler mais sobre como era o ministério Bíblico de louvor e adoração leia este e-book; “Profeta e Adorador”, livre para download gratuito e envie também para as pessoas da sua equipe 😉   Link do livro: http://www.scribd.com/raquel_ribeiro_12

Deus te abençoe,

Raquel Emerick


Dias corridos…

São quase meia noite. E a semana termina para começar mais uma (o que me faz pensar que temos uma semana a menos para a volta de Jesus).

Estes últimos dias foram maravilhosos prá mim. Não tenho sequer palavras para expressar minha gratidão. Pude ministrar uma palestra no Curso de Férias do Cristo Para as Nações cujo tema era: sinergia – louvor e palavra! Nem preciso comentar o quanto gosto deste tema, não é mesmo? Mas o que me surpreendeu foi a visitação de Deus que tivemos ali a noite na oração final 🙂 Engraçado como Deus gosta de nos pegar de surpresa!

Ministrei também na Escola Adorando, liderada pelo Nelson e pela Chris Tristão, que considero como uma mãe prá mim no que diz respeito ao ministério da música e discipuladora nesta área comum a nós duas. Esta escola acontece no CTDMT todo mês de janeiro. Ministrei um Workshop chamado “Organização de Ensaio”, o mesmo que tenho ministrado lá nos últimos anos e você pode inclusive encontrar alguns vídeos no YouTube destas palestras.

E além disso tive o prazer de mais uma vez poder ministrar juntamente com o querido Pr. Adhemar de Campos (precisa comentar quem é?) 🙂

Já ministrei algumas vezes com ele e sempre foi muito marcante. Mas desta vez ele tinha três dias de muitas ministrações e pude ficar todos os dias o tempo inteiro aprendendo, ministrando e sendo ministrada, tocando, ouvindo, sendo aconselhada, enfim… Ministramos na Escola Adorando e de lá fomos para a Escola do Clamor pelas Nações, liderada pelo Ricardo Robortela. Tivemos um derramar ali muito especial da parte de Deus!

E de lá tivemos mais duas ministrações no Jubam – jovens batistas, no centro de BH. Cerca de trezentos adolescentes estavam ali prontos para ouvir e receber o que Deus queria fazer. Foi algo muito lindo! Realmente um privilégio prá mim.

E aqui estou, últimos minutos deste dia me preparando para começar uma nova etapa. Amanhã assumo mais uma vez a liderança do Bacharel de Louvor e Adoração do Cristo Para as Nações, onde trabalhei durante 6 anos e agora aprouve ao Senhor me levar para a diretoria do departamento de louvor deste Seminário tão sério que deixou marcas profundas em mim desde que estive, como aluna, no CFNI em Dallas (Christ For The Nations), onde me formei.

Não sei o que o Senhor tem prá mim nesta nova estação, pois ao meu ver são tantas responsabilidades (além do Ministério Além e do Webnário). Mas sei que em nenhum momento da minha vida Deus deixou de me guiar. É certo sim, que eu por momentos não segui a direção Dele. Isso significa que Ele continuará me guiando e fortalecendo. Cabe a mim ser sensível e deixar que Ele flua mais e mais!

E por falar em seguir direções 🙂 termino o post por aqui prá ter algumas poucas horas de sono já que a semana será puxada!

Que o Senhor te abençoe ricamente! Dedique tempo ao Senhor nesta semana. Como ouvi de alguém: “Ore como um mendigo. Adore como um filho!”

Até que Ele venha,

Raquel Emerick


Qual a raiz dos problemas no ministério de louvor?

Graça e paz amados.

Espero que esta mensagem edifique líderes de louvor e membros deste ministério que é tão sério e tão espiritual!

Deus abençoe a todos.
Abraços 🙂


Quem falou???

Às vezes tenho vontade de sair gritando! Vejo as coisas erradas, valores invertidos e me dá uma enorme coceira na garganta! Parece que muitos (arrisco dizer que a maioria) na Igreja estão aos poucos ficando cegos espiritualmente.
Quem falou que “uma andorinha só não faz verão”? Pode ser um ditado popular e pode fazer sentido prá muitas coisas. Mas NÃO para o evangelho que conheço. É só lembrar de dos inúmeros heróis da fé. Todos eles, em seu tempo, defenderam praticamente sozinhos os valores do Reino dos Céus.
E fica cada dia mais forte em meu coração que DEPENDE DE MIM, DEPENDE DE VOCÊ que lê esse texto exatamente agora. Depende de quem tem fome e sede da manifestação da glória de Deus sobre a face dessa terra tão suja, ímpia e de valores tão invertidos.
E esse valores estão tão invertidos que vão invadindo a Igreja e substituindo o que é santo pelo o que e vil. Aí começamos ver gente cheia de idéias, opiniões, teologias esquisitas (tudo papo furado, fruto da cabeça do ser humano e não da Bíblia) – isso explica a falta de poder, sinais, operação de maravilhas, milagres e proezas no meio da Igreja.
Ontem Deus me impactou com um pensamento que deixo com vocês. É curtinho sim, mas rende “pano prá manga”, como costumamos dizer. Pense nisso e deixe Deus falar com você!
“ADORAÇÃO não é música, IGREJA não é templo e CRISTÃO não é quem carrega Bíblia!”

QUE EU E VOCÊ FAÇAMOS ALGUMA DIFERENÇA, ESCREVENDO HISTÓRIA ANTES DE NOS DESPEDIR DESSA TERRA!!!!
Em Cristo,
Raquel Emerick

Que Lugar É Este?

Tantos lugares parecem tão belos de se ver
Cenas irresistíveis convidam meu coração
Tantas coisas ainda a se conhecer
Lugares importantes onde todos desejam estar

Mas nenhum lugar é tão belo e ainda tão doce
Que estar aos pés do meu Senhor
Lugar onde o silêncio diz mais que mil palavras
Num suspiro por estarmos a sós

Por mais belas que sejam quaisquer paisagens, elas ficam apenas na memória
Mas o lugar aos Teus pés me deixa marcas e me muda
Deixa em mim o perfume de Quem ali amei.
Saio carregando, mesmo sem saber o brilho no rosto de quem viu a luz de sua glória!

Os mais lindos lugares, por sublimes que são, não se comparam ao poder me assentar para O ouvir. A eternidade me invade o tempo; O deserto da vida se torna em um manancial tão vívido, tão colorido que meras palavras ao tentar descrevê-lo tem se mostrado imprestáveis, sim, totalmente inúteis!