Posts tagged “lutas

Novo Blog

Oi queridos! Mil anos depois 🙂

Estou realmente muito sumida do meu próprio blog… Muita coisa tem acontecido ultimamente… Webnário, CTMDT, CPN, muitas e muitas viagens (pelo twitter é mais fácil atualizar).

Mas continuo num deserto pessoal onde Deus tem falado tremendamente ao meu coração.

Deixo aqui um texto conhecido por muitos, mas que MUITO tem ministrado ao meu coração nestes últimos meses! “Pegadas na areia”

Que o Senhor abençoe a todos vocês. Louvo a Deus pelos comentários, pelo carinho e amor que recebo de vocês!

Grande abraço a todos 🙂

Raquel Emerick

 

OBS: MEU NOVO BLOG É www.raquelemerick.com com design do meu amigo Felipe Fernandes, do RJ.

————————————————————————————————————

PEGADAS NA AREIA

Uma noite eu tive um sonho…

Sonhei que estava andando na praia com o Senhor, e através do céu passavam cenas de minha vida.

Para cada cena que passava, percebi pegadas na areia; uma era minha e a outra do Senhor.
Quando a última cena de minha vida passou diante de nós, olhei para as pegadas na areia.

Notei que muitas vezes no caminho da minha vida havia apenas um par de pegadas. Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis da minha vida. Isso aborreceu-me deveras e perguntei então ao Senhor:

– Senhor, Tu me disseste que, uma vez que eu resolvi Te seguir, Tu andarias sempre comigo, todo o caminho, mas notei que nos momentos das maiores atribulações do meu viver havia na areia dos caminhos da vida, apenas um par de pegadas.  Não compreendo… Por que nas horas em que eu mais necessitava de Ti Tu me deixastes?

O Senhor respondeu :
– Meu precioso filho, Eu te amo e jamais te deixaria nas horas da tua prova e do teu sofrimento. Quando vistes na areia apenas um par de pegadas, foi exatamente aí que
EU TE CARREGUEI EM MEUS BRAÇOS!

Anúncios

CONFIANÇA “GENUÍNA” EM DEUS!

Será que realmente temos confiado em Deus????

Falo isso porque vira e mexe passamos por situações em que nossa confiança é plenamente testada e provada! Lendo os livros dos profetas menores acabei achando alguém que passou por esta provação também (como tantos outros homens da Bíblia). Habacuque começa escrevendo sobre vários sofrimentos! Ele começa seu livro clamado e perguntando se Deus não estava vendo ou ouvindo sua oração (exatamente como nós fazemos tantas vezes). 

1.2: “Até quando, Senhor, clamarei eu, e tu não me escutarás? Gritar-te-ei: Violência! e não salvarás?”

Os tempos em que Habacuque viveu foram dias de guerra, onde Israel tinha sido assolada (como consequência do próprio pecado). Mas este profeta fez questionamentos a Deus que não são diferentes dos que estamos acostumados a ouvir hoje em dia.

“Por que o justo sofre?” “Por que o mal prospera?” “Quando é que o meu sofrimento vai acabar?” Gosto da resposta de Deus: “Escreve a visão e torna bem legível sobre tábuas, para que a possa ler quem passa correndo. Porque a visão é ainda para o tempo determinado, mas se apressa para o fim, e não enganará; SE TARDAR, ESPERA-O, porque certamente virá, NÃO TARDARÁ!” (2.2-3)

Às vezes nos deparamos com a espera pelas coisas que Deus nos promete. E às vezes ainda somos levados a trilhar por caminhos que não conhecemos – AÍ SIM NOSSA CONFIANÇA É TESTADA! Porque NA BONANÇA nosssa confiança está ancorada, entende? Mas é na tempestade ou no silêncio que os olhos do Senhor estão fixos em nós observando nossa reação (seja ela boa ou má) para ver se estamos realmente praticando aquilo que tanto confessamos e cantamos em nossas canções! Sabe a reação de Habacuque? ELE CANTA! Sim, isso mesmo! Ele canta ao Senhor uma melodia no capítulo 3. Ele termina declarando que confia no Senhor:

“AINDA QUE A FIGUEIRA NÃO FLORESÇA, NEM HAJA FRUTO NA VIDE; AINDA QUE DECEPCIONE O PRODUTO DA OLIVEIRA, E OS CAMPOS NÃO PRODUZAM MANTIMENTO; AINDA QUE AS OVELHAS DA MALHADA SEJAM ARREBATADAS, E NOS CURRAIS NÃO HAJA GADO. TODAVIA EU ME ALEGRAREI NO SENHOR; EXULTAREI NO DEUS DA MINHA SALVAÇÃO!” (3.18-18) A Bíblia ainda termina explicando como era esta canção: para ser cantada e tocada com instrumentos de corda!

Embora só lemos a letra, tenho certeza que era uma melodia maravilhosa, pois era a experiência genuína de quem estava colocando a confiança em Deus NO MEIO DAS GUERRAS E DE UM POVO QUE FOI EXILADO, sofrendo perseguições e atrocidades!!! Quer mais profunda canção de confiança do que essa? 

Termino deixando dois pensamentos que me têm martelado ultimamente. O primeiro me ensina que no momento onde NÃO ENTENDO, é melhor ficar CALADA pois normalmente falamos bobagem demais acerca do que na verdade NEM SEQUER entendemos ou enxergamos! E o segundo me ajuda a lembrar quem realmente é o nosso Deus!

“Precisamos encontrar a Deus. Mas Deus não pode ser encontrado no barulho ou inquetação. Deus é amigo do silêncio. Veja como a natureza – árevores, flores, grama – CRESCEM EM SILÊNCIO; veja as estrelas, a lua e o sol, que se MOVEM EM SILÊNCIO… precisamos do silêncio para sermos capazes de tocar almas” – Madre Teresa

“Não sei por quais caminhos Deus me conduz, mas conheço bem o meu guia” – Martinho Lutero

“Aquitai-vos e sabei que EU SOU DEUS” (Sl 46.10). Deus te abençoe!